11 de jul de 2011

Escolhendo Sua Placa De Video

Introdução

As placas de vídeo aplicaram novos parâmetros de realismo ao mundo da informática, sendo responsáveis pela execução de aplicativos 3D. Esses aplicativos começaram com jogos, mas hoje editores de imagem e até sistemas operacionais exigem níveis cada vez maiores de processamento de vídeo.


Para começar a entender
O processamento gráfico em um computador envolve quatro componentes principais: uma placa-mãe, um processador, memória e um monitor. As imagens que você vê em um monitor são compostas por pixels. Uma placa gráfica é responsável por transformar os dados binários do processador em imagens que você pode identificar.


O trabalho em si de uma placa de processamento gráfico é complexo, mas os princípios e componentes dela não são difíceis de entender. Em resumo, um processador envia informações sobre a imagem que deve ser processada. Então a placa decide como usar os pixels na tela para representar esta imagem e envia essas informações através de um cabo.


Para isso, uma placa primeiro cria uma moldura de linhas retas. Então ela preenche os pixels remanescentes, adicionando luzes, texturas e cores. Para jogos que exigem alto poderio gráfico, o computador precisa fazer este procedimento cerca de 60 vezes por segundo. Sem uma placa específica para executar os cálculos necessários, um computador precisaria de muito trabalho.



Componentes básicos de uma placa
Uma placa de processamento gráfico é composta por cinco itens principais: processador, memória, ventilador e dissipador de calor, além de conexão com a placa-mãe.


Um processador de uma placa gráfica é semelhante a um processador normal de computador, porém é desenvolvido especificamente para o processamento de imagens. Os processadores de uma placa de vídeo geralmente utilizam filtros para suavizar extremidades de objetos tridimensionais, além de filtros para aperfeiçoar detalhes das imagens.




Qual o modelo ideal para você?



Atualmente, ATI e nVidia dominam este mercado, e cada marca oferece placas com características próprias. Em geral, uma placa top de linha tem muita memória e processador muito rápido. Ela também é mais destacada visualmente do que qualquer componente interno de um computador. Muitos modelos de alta performance podem ser facilmente identificados por seus ventiladores e dissipadores bem destacados.


De fato, uma placa top de linha oferece mais possibilidades do que



geralmente é necessário. Pessoas que apenas checam email, utilizam processadores de texto e navegam pela internet não precisam mais do que a placa integrada à placa-mãe (onboard).


Uma placa de médio poder é suficiente para jogadores casuais. Quem realmente necessita de uma placa “porreta” são os jogadores aficionados e quem trabalha com processamento gráfico, que pode incluir editores de vídeo e imagem.



Descobrindo o poder de uma placa
Um medidor geral adequado de uma placa é a taxa de quadros, (frame rate) determinada em quadros por segundo (frames per second, FPS, não vá confundir com First Person Shooter :P). Esse número indica quantas imagens completas uma placa pode exibir por segundo. O olho humano pode processar cerca de 25 frames por segundo, mas jogos de ação rápida podem exigir um mínimo de até 60 FPS para fornecer animação e transição suaves.




Placas de vídeo geralmente têm visual destacado.

A taxa de FPS é determinada por dois parâmetros básicos: triângulos ou vértices por segundo e taxa de preenchimento de pixels. Uma imagem tridimensional é feita de triângulos ou polígonos. A medida de triângulos ou vértices por segundo indica quão rápido uma placa pode calcular todo um polígono ou os vértices que o compõem. Já a taxa de preenchimento de pixel descreve quantos pixels a placa pode processar em um segundo, o que determina quão rápido a imagem pode ser composta.


Veja outras características que determinam a capacidade de uma placa gráfica: velocidade do processador (medida em MHz): este é o principal item que indica a capacidade de uma placa. É o principal componente na conversão dos dados binários em imagem.


Grande aliado do processador é a memória e todos os complementos. A taxa de memória (medida em MHz) dá suporte a todo esse processo. Essa memória tem uma banda (medida em GB/s) e é dividida em BUS (medido em bits) e memória disponível (medido em MB).


Claro que, quanto maior a capacidade de processamento de uma placa, mais calor ela produz. Logo, um cooler eficiente é extremamente necessário.






Dicas e outras informações


Usuários mais avançados podem combinar a capacidade da placa onboard com uma placa dedicada (ou seja, independente). Este processo se chama hibridismo e soma o desempenho de ambas as placas para gerar um desempenho ainda maior. Cada fabricante de placas tem tecnologias para estes procedimentos.




Outra técnica é alternar as placas. Para tarefas simples, você pode desativar sua placa dedicada e usar somente a placa onboard. Este procedimento economiza energia e diminui a geração de calor e emissão de ruídos.


Dependendo de suas necessidades, analise as saídas de vídeo que uma placa oferece. Ela pode variar entre VGA (a mais comum e básica), DVI (saída digital), HDMI (saída digital em alta definição) e S-Vídeo (super vídeo).


Este é um exemplo de saída DVI.

Na hora de adquirir uma placa, procure o equilíbrio entre todas essas características. Não é adequado observar um item isoladamente e ignorar outros. Também leve em consideração a capacidade do seu processador. Não adianta ter uma placa “porreta” com um processador meia-boca.


Para tarefas multimídia, como edição de vídeo, uma placa média deve dar conta do recado. Atualmente, os modelos ATI Radeon HD 3450 ou nVidia Geforce 8600 são bem indicados para isso. Agora, para aficionados por jogos pesados, é necessário um modelo mais pesado. Pesquise as linhas Top da ATI ou nVidia. Essas linhas incluem os modelos Radeon HD3800 ou GeForce 8800. Fique de olho também na Série 9 da nVidia.


Modelos e características


Medium Profile - Perfil empresarial



(OBS: essas placas acima são indicadas para quem vai trabalhar com edição de vídeo e imagem, mas não quer dizer que seus jogos nao rodarão nelas, pelo contrário, são boas placas e podem rodar vários jogos em boa qualidade.)




A AMD ATI HD3850 da Sapphire é a mais fraca entre todas as placas e também a mais barata, contudo, veja que ela perde por muito pouco das concorrentes. Como seu preço é atraente, talvez seja uma ótima ideia para quem não quer gastar muito.
Já a AMD ATI HD3870 da Sapphire é a segunda placa mais cara, porém tem as melhores configurações. Dentre todas estas, talvez esta HD3870 seja a mais compensadora, pois ela tem uma boa relação custo/benefício.


Sapphire HD3870 - A mais indicada para quem procura editar vídeos e
 imagens

As duas NVIDIA brigam entre si, pois trazem configurações muito semelhantes e um desempenho similar. Evidentemente não detalhamos todas as configurações destas placas, portanto, basta dizer que para quem procura melhor desempenho, a GeForce 8800GT da ASUS irá ganhar tranquilamente da 9600GT. Contudo, esta 9600GT da Zotac mostrará um desempenho superior em jogos que utilizem o PhysX.


Zotac GeForce 9600GT - Alta tecnologia e garantia de bom 
desempenho

Nesta categoria a placa mais indicada é a HD3870 da Sapphire, tanto por preço quanto por seu ótimo desempenho em tarefas pesadas. Caso você queira economizar, a GeForce 9600GT seria a indicação perfeita, principalmente para jogos, pois ela tem alta performance, melhor suporte a tecnologia PhysX e não fica devendo em quase nada para as concorrentes.
High
 Profile - Perfil Jogador




Visualizando os modelos dessa outra tabela, pode-se ter uma noção de que placas de vídeo “top” (preparadas para os melhores gráficos dos últimos games lançados) custam de 580 reais para mais. O modelo mais econômico dessa classe é a NVIDIA GeForce 9800GT, a qual custa a bagatela de 585 reais. Além disso, a 9800GT é uma placa capaz de rodar quase qualquer game (desconsiderando Crysis e games exageradamente pesados) de última geração na impressionante resolução de 1680x1050 com filtros ativos e qualidade alta.



Dentre as placas voltadas aos gamers, a que oferece mais recursos e custa menos, certamente é a NVIDIA GeForce 9800GTX Plus da XFX. Esta placa tem um poder de fogo superior a da AMD ATI HD4850 (montada pela HIS HighTech) e custa quase 20 reais a menos.


Comparando as placas mais caras desta categoria, você talvez optaria pela AMD ATI HD4870 da PowerColor e provavelmente se arrependeria. Ainda que esta placa tenha um processador de maior velocidade e uma taxa de transferência superior, ela perde facilmente em games para a NVIDIA GTX260 da EVGA. Além de a GTX260 ter mais memória e a tecnologia de 448bits na memória, ela tem suporte a PhysX e custa somente 13 reais a mais.


EVGA GTX260 - Placa TOP voltada para encarar games em alta 
resolução

Se você procura pela melhor relação custo/benefício opte pela NVIDIA 9800GTX PLUS. Caso você esteja procurando por uma placa mais forte, que esbanje desempenho (e custe pouca coisa a mais), não tenha dúvida que a GTX260 é a melhor opção.



Extreme profile - Perfil entusiasta

(OBS: As placas AMD ATI HD4850 X2, AMD ATI HD4870 X2 e NVIDIA GTX295 possuem dois chips gráficos. Os dados apresentados na tabela são referentes apenas a um dos chips. Portanto, as três alcançam o dobro do clock do GPU, o dobro de bits na memória e uma taxa de transferência até duas vezes maior.)




As placas mais cobiçadas do mercado são voltadas somente a pessoas com muito dinheiro. Com preços que superam os 2 mil reais, estas placas tendem a ser produtos que durarão por muito tempo, todavia a compra de uma placa dessas só é recomendada para jogadores que já tenham uma fonte capaz de fornecer toda a energia que estas belezinhas necessitam.


Como você pode ver, dentre as placas mais potentes, temos três delas que funcionam em “dual core”. Veja que a AMD ATI HD4850 X2 da Sapphire é a mais barata dessas placas e já conta com duas GPUs. Essa placa tem mais memória do que as da concorrente NVIDIA e processador com 2MHz a mais, contudo a taxa de transferência dela é bem inferior. A compra desta placa é válida para quem não vai jogar em resoluções superiores a 2000 pixels de largura e com filtros funcionando em um nível baixo.





Essas placas conseguem reproduzir gráficos como este sem fazer 
muito esforço


Crysis Warhead, gráficos impressionantes que exigem placas à altura do game

Por 200 reais a mais você pode comprar uma NVIDIA GTX280 da EVGA, que certamente terá uma performance melhor em qualquer jogo. Repare que esta placa possui apenas 1GB de memória, porém ela tem uma taxa de transferência maior — fator que gera um aumento significativo em desempenho de quaisquer atividades gráficas.


Com preços próximos aos 2 mil reais, temos três modelos de placa. A NVIDIA GTX285 é a que oferece menor desempenho (ela tem apenas um GPU) e menor quantidade de memória, portanto se você estiver pensando em gastar tanto em uma placa, descarte a GTX285 de suas opções.


XFX HD4870 X2 - Alto desempenho nos games mais exigentes

Os outros dois modelos de placa concorrem de perto e possuem características bem parecidas. Veja que a AMD ATI HD4870 X2 possui mais memória, processador mais veloz e maior taxa de transferência. A NVIDIA GTX295 só tem a vantagem de ter a memória trabalhando com tecnologia de 448bits. Provavelmente você deve estar pensando porque a GTX295 custa mais caro, se ela parece ser mais fraca. Isso mesmo, ela parece ser mais fraca, mas está comprovado já que ela supera facilmente a HD4870 X2.


Sendo assim, temos nossas últimas indicações. A placa de vídeo de alto desempenho (voltada a entusiastas) mais barata é a AMD ATI HD4850 X2 e é recomendada pela ótima relação custo/benefício. Já para consumidores que procurem o que há de melhor, a NVIDIA GTX295 da XFX é a grande indicada, ainda mais que ela tem suporte a PhysX.


XFX 
GTX 295 - Supera qualquer outra placa e garante a você o melhor 
desempenho em jogos de última geração




Escolha a sua


Bom, agora é hora de você escolher. Contudo, não esqueça que para comprar uma das placas indicadas é de suma importância que você confira a potência de sua fonte, porque placas como a ATI HD4870 X2 exige uma fonte de no mínimo 750Watts. Além disso, confira se seu gabinete possui espaço suficiente para armazenar essas "pequenas" placas.




Vale lembrar que há várias montadoras de placas gráficas, sendo que as que foram indicadas nas tabelas foram escolhidas por trazerem as mesmas configurações oferecidas por outras marcas e principalmente por terem um preço reduzido. Claro que você não precisa necessariamente comprar um dos modelos indicados no texto, mas caso você queira poupar tempo, já sabe que os modelos indicados são de boa qualidade.


Fonte: Baixaki

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são lidos e moderados previamente.
Publicamos aqueles que respeitam as regras abaixo:


- Seu comentário precisa ter relação com o assunto;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Não peça parceria nos comentários;
- Bem como ofensas pessoais, ameaças e xingamentos;


OBS: Comentários não refletem as opiniões do blog.

AVISO AOS LEITORES DO BLOG


TODAS AS POSTAGENS PUBLICADAS ANTES DE 24/06/2014 NÃO ESTÃO FUNCIONANDO. FIQUE ATENTO A DATA DE PUBLICAÇÃO.
Fique sempre atualizado!
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.